Serra. Nunca é igual!

Mesmo depois de 12 anos rodando pelos single's da Serra das Areias, ainda ela consegue surpreender qualquer um.
Por motivos variados fui obrigado e ficar dois longos e terríveis meses fora de suas belezas. Agora voltei e o brilho de seu cerrado, o prazer da sua água límpida, a adrenalina de suas trilhas, tudo continua com a mesma mágica.


Rodar pelas pirambeiras Serreanas nunca é igual, sempre tem um algo novo a deixar o gostinho de "quero mais" ao final da empreita!!

Pelo uso consciente, ecológico e preservador é que somos a favor!!!
Somente com conhecimento é que se consegue proteger! 


ÁLBUM DO DIA



2 Comentários para "Serra. Nunca é igual!"

Anônimo disse...

A teimosinha voltou as origens, poucos conseguem subir.. so o Tapete cavalo mesmo.. Pusa.

cleomar ricardo nogueira disse...

Nunca é igual msm!
Penso que temos que avançar mais na questão do impacto das bikes nas trilhas, positivos e negativos.