Paixão pelo pedal

Senhores,
Peço licença para compartilhar um post que eu escrevi no Facebook diante da figura:

Engraçado que ano passado 2012 (um dos meus piores anos em termos de resultados em provas) ouvi um infeliz - pra não dizer estúpido - comentário: "-Por que vc continua correndo? Não ganhada nada e fica aí participando de corrida a toa. Se não for pra ir para ganhar, eu nem corro....."
Como se a minha paixão pelos pedais (que existe desde minha época de BMX há mais de 15 anos atrás) fosse "apenas" pelos resultados em competições. Posso dizer com toda certeza que está infinitamente acima disso....
No final das contas, fiquei com "pena" de quem falou isso, pois ele é "apenas" mais um competidor, independente do esporte que esteja praticamendo, e não um verdadeiro apaixonado pelo Mountain Bike em si (e a filosofia que está impiricamente agregada), independente de chegar ou não frente.
- Dedicado aos grandes apaixonados pelo Mountain BIke: meus amigos dos Seriema Pedal Club
Por Gustavo Johni Bravo

4 Comentários para "Paixão pelo pedal"

Anônimo disse...

Boa Jhonny Bravo, resposta a altura. Paixão é muito mais que resultados.

Carlão!!!

Nilsinho disse...

Amigo Guga,
disse tudo!
Ser um MTBiker é muito, mas muito mais que apenas focar em pódios e resultados de corridas.
Reconhecer que transpomos obstáculos e que percorremos lugares para poucos, tudo no lombo da "magrela" é coisa única!
Aquele que apenas baixa a cabeça, desce marcha e segue o "líder" não sabe o que perde!!!

cleomar ricardo nogueira disse...

E tudo uma questão de alto estima,quem esta bem consigo mesmo pega sua magrela,independente da marca,ano e modelo,e simplesmente pedala,no passeio?na corrida?sosinho?tanto faz!

calisto seriema -To disse...

pedalar e mas que competi e subir ao podio é pranois amantes do pedau, um estilo de vida.